Total de visualizações de página

segunda-feira

Não quero mais ser evangélico!

Não quero mais ser evangélico!
Texto do Pr. Ariovaldo Ramos, no site do www.caiofabio.com.br"

Irmãos, uni-vos - Pastores evangélicos criam sindicato e cobram direitos trabalhistas das Igrejas". Esse, o título da matéria, chocante, publicada pela revista Veja, de 9 de junho de 1999, anunciando formação do Sindicato dos Pastores Evangélicos no Brasil. Foi a gota d'água! Ao ler a matéria acima finalmente me dei conta de que o termo "evangélico" perdeu, por completo, seu conteúdo original. Ser evangélico, pelo menos no Brasil, não significa mais, ser praticante e pregador do Evangelho (boas novas) de Jesus Cristo, mas, a condição de membro de um seguimento do Cristianismo, com cada vez menor relacionamento histórico com a Reforma Protestante - o seguimento mais complicado, controverso, dividido e contraditório do Cristianismo. O significado de ser pastor evangélico, então, é melhor nem falar, para não incorrer no risco de ser grosseiro. Não quero mais ser evangélico! Quero voltar para Jesus Cristo, para a boa notícia que Ele é, e ensinou. Voltemos a ser adoradores do Pai, porque, segundo Jesus, são estes os que o Pai procura e, não, por mão de obra especializada ou por profissionais da fé. Voltemos à consciência de que o caminho, a verdade e a vida é uma pessoa e não um corpo de doutrinas e/ou tradições, nascidas da tentativa de dissecarmos Deus; de que, estar no caminho, conhecer a verdade e desfrutar a vida é relacionar-se intensamente com essa pessoa: Jesus de Nazaré, o Cristo, o Filho do Deus vivo. Quero os dogmas que nascem desse encontro; uma leitura bíblica que nos faça ver Jesus Cristo e não uma leitura bibliólatra Não quero a espiritualidade que se sustenta em prodígios, no mínimo discutíveis, e sim, a que se manifesta no caráter. Chega dessa "diabose"! Voltemos à graça, à centralidade da cruz, onde tudo foi consumado. Voltemos à consciência de que fomos achados por Ele, que começou em cada filho Seu algo que vai completar; voltemos às orações e jejuns, não como fruto de obrigação ou moeda de troca, mas, como namoro apaixonado com o Ser amado da alma resgatada. Voltemos ao amor, à convicção de que, ser cristão, é amar a Deus acima de todas as coisas e, ao próximo, como a nós mesmos; voltemos aos irmãos, não como membros de um sindicato, de um clube, ou de uma sociedade anônima, mas, como membros do corpo de Cristo. Quero relacionar-me com eles como as crianças relacionam-se com os que as alimentam, em profundo amor e senso de dependência, quero voltar a ser guardião de meu irmão e não seu juiz. Voltemos ao amor que agasalha no frio, assiste na dor, dessedenta na sede, alimenta na fome, que reparte, que não usa o pronome "meu", mas, o pronome "nosso". Para que os títulos: pastor, reverendo, bispo, apóstolo, o que estes significam se todos são sacerdotes? Quero voltar a ser leigo. Para que o clericalismo? Voltemos ao sermos servos uns dos outros; aos dons do corpo que correm soltos e dão o tom litúrgico da reunião dos santos; ao, "onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu lá estarei" de Mateus 18.20. Que o culto seja do povo e não dos dirigentes - chega de show! Voltemos aos presbíteros e diáconos, não como títulos, mas, como função: os que, sob unção da igreja local, cuidam da ministração da Palavra, da vida de oração da comunidade e para que ninguém tenha necessidade, seja material, espiritual ou social. Chega de ministérios megalômanos onde o povo de Deus é mão de obra ou massa de manobra! Para que os templos, o institucionalismo, o denominacionalismo? Voltemos às catacumbas, à igreja local. Por que o pulpitocentrismo? Voltemos ao "ïnstruí-vos uns aos outros" (Cl 3. 16). Por que a pressão pelo crescimento? Jesus Cristo não nos ordenou ser uma Igreja que cresce, mas, uma Igreja que aparece: "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus."(Mt 5.16). Vamos anunciar com nossa vida, serviço e palavras "todo o Evangelho ao homem... a todos os homens". Deixemos o crescimento para o Espírito Santo que "acrescenta dia a dia os que haverão de ser salvos", sem adulterar a mensagem. Chega dos herodianos que vivem a namorar o poder, a vender a si e as ovelhas ao sistema corrupto e corruptor; voltemos à escola dos profetas que denunciam a injustiça e apresentam modelos de vida comunitária. Chega do corporativismo, onde todo mundo sabe o que acontece, mas, ninguém faz nada; voltemos ao confronto, como o de Paulo a Pedro (Gl 2.11), que dá oportunidade ao arrependimento e aperfeiçoa, como "o ferro afia o ferro." (Pv 27.17) Saiamos do "metodologismo". Voltemos a "ser como o vento, que sopra como quer, se ouve a sua voz mas não se sabe de onde vem e nem para onde vai" (Jo 3.8) Não quero mais ser evangélico, como o é entendido, hoje, neste país. Quero ser só cristão. Um cristão integral, segundo a Reforma e os pais da Igreja. Adorando ao Pai, em espírito e verdade, comungando, em busca da prática da unidade do "novo homem", criado por Cristo à Sua imagem (Ef 2.15), e praticando a missão integral.

17 comentários:

Anônimo disse...

Fazendo busca na internet sem querer encontrei este comentario e faço a suas palavras tambem as minhas. peterson braz

Icaro Santos disse...

Ola amigo, gostei de saber que não sou o unico a pensar assim, e gostei do nivel da sua critica, acrescentou muito ao meu conhecimento.

Nany disse...

A Igreja clama e carece da sua genuinidade! Esta é a nossa necessidade! Depois de 30 anos de fé, tb sinto vergonha de me denominar evangélica. Sou cristã, sem rótulo!

Anônimo disse...

Um ex-professor de psiquiatria me disse certa vez: -"Estou com verdadeiro asco desta coisa que se chama NORMAL(referindo-se à mediocridade e valorizando os seus clientes). Faço minhas as palavras dele, colocando no lugar de NORMAL a palavra evangélico. Engrosso as fileiras do Ariovaldo neste protesto.

Anônimo disse...

estou com ele e não abro precisamos da casa do caminho na região de são jose do rio preto urgente

Anônimo disse...

É ISTO MESMO MEU CUNHADO.
É POR ESTAS E OUTRAS QUE SOU TUA FÃ.
BEIJOS A TODOS AÍ.
MARINEZ

Alcides disse...

depois de 23 anos servindo a Cristo, descobri que não posso continuar cristão e servindo ao sistema. Acho que nunca fui evangélico,nunca me adaptei,nunca prescisei ser um, encomtrei a palavra, encontrei a Cristo, encontrei a cabeça, encontrei membros, não vivo mais sozinho,tenho irmãos, tenho vocês...Um dia nos encontraremos. http://fundodaagulha.blogspot.com/

Anônimo disse...

Dou graças á Deus, pela manifestaçao da sua verdadeira igreja que no meio de tanto engano, de tantos púlpitos enganosos que só pensam na exploração da fé, vejo que a igreja invisível que não têm rótulos, que não veste camisas de denominação, se encontra firme e mais poderosas do que nunca! que Deus nos abençoe amados, e nos livre desse evangelho dominador que vem da soberba dos homens, dos lobos devoradores, que Deus abençoe a cada irmão que tem se manifestado contra os gananciosos. JESUS NELES IRMÃOS A PAZZZZZZZZZZZZZZZZ.

Anônimo disse...

PREZAO PASTOR MOISÉS,ENTENDO SEU PROTESTO.TENHO 24 ANOS DE FÉ.E JÁ VI MUITAS COISAS TAMBÉM SÓ QUE NÃO PODEMOS ESQUECER DE O NOSSO AMADO IRMÃO QUE CONHECEU O PODER DO EVENGELHO ANTES DE NÓS.APOSTOLO PAULO DISSE PORQUE NÃO ME ENVERGOMHO DO EVANGELHO PORQUE É O PODER D DEUS....E AI VAI CREIO QUE SOMOS OS MAORES DIVULGADORES DESSAS VERGONHAS,MAIS TAMBÉM CREIO QUE NÃO FOI PRA ISSO QUE JESUS ME CHAMOU.E SIM PARA TIRAR-MOS VIDA QUE CAMINHAM PARA O INFERNO E TRAZE-LAS PARA O CAMINHO DO SENHOR.CREIO QUE É ESSE O PROPOSITO DE satanás fazer com que PERDEMOS O FOCO DO VERDADEIRO EVANGELHOE NOS ENVOLVEMOS COM COISAS DESSA NATUREZA.NÃO DEIXAREI DE SER EVANGELICA JAMAIS EM NOME DE JESUS POIS MEU OLHAR ESTA NELE E SIGO A ELE.E ACONSELHO AO COLEGA DE FAZER O MESMO USE ESSES MEIOS DE COMUNICAÇÕES PARA TRAZER BOAS NOVAS AOS NECESSITADOS.CASO CONTRARIO O COLEGA NÃO ESTARÁ DENTRO DO PROPOSITO DE DEUS PARA ESSA GERAÇÃO.ESCREVO ESSAS PALAVRAS COM MUITA HUMILDADE EM CRISTO JESUS,TEMOS MUITAS ALMAS PRA GANHAR PASTOR E NÃO PODEMOS PERDE TEMPO. GRAÇA E PAZ! QUE O SENHOR TE FORTALEÇA A TI E TUA CASA COMO TEM FEITO COMIGO E MINHA CASA.

Por uma igreja mais humana disse...

Olá pastor,de fato a igreja evangélica brasileira vive na mediocridade de não pensar,nossa teologia importada ensina a submissão escravista.Essas palavras são profecias para este tempo,é que nemhum pastor parece que lê a carta a Timóteo sobre o verdadeiro pastor.
meu
Ass.Pr.samuel/ ainda na igreja evangélica
blog:http/igrejamaishumana.blogspot.com

jailson disse...

e sim pastor , jesus estar voltando,mais e nesessario q ixto acontersa, pq muitos sao chamado e polcos escolhido,vamos continuar sendo um dos escolhido na terra. sou o dc.jailson e. dos santos, de pernambuco olinda

JOSE BASTOS disse...

graças ao meu SENHOR, eu tambem sai das trevas para a luz maravilhosa da graça de DEUS em CRISTO.sou parte dessa IGREJA que nao é mais um lugar, mas sim o edificio vivo erguido nao por maos humanas,mas por nosso DEUS maravilhoso sobre a pedra principal que é JESUS,o autor e consumador da nossa fé,o cabeça da igreja,aquele que nos ama e no seu sangue nos lavou dos nossos pecados,nos fazendo reis e sacerdotes para o PAI.

jorge disse...

PASTOR MOISES ALMEIDA, PELA PRIMEIRA VEZ LEIO PALAVRAS TAO VERDADEIRAS E SENSATAS.
O NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, MORREU NA CRUZ POR DIZER A VERDADE,ASSIM SENDO, MEXEU COM OS INTERESSES DOS SACERDOTES JUDEUS GANANCIOSOS QUE VIVIAM AS CUSTAS DO IMPERIO ROMANO NUM VERDADEIRO LUXO.
INCRIVEL JÁ SE PASSARAM QUASE 2.000 ANOS E TUDO CONTINUA IGUAL, AI DOS QUE FALAREM A VERDADE DE CERTAS DENOMINAÇOES EVANGELICAS PODEROSAS, SEUS PASTORES MAFIOSOS QUE NAO SAO DE DEUS, INCITAM OS IRMAOSZINHOS EVANGELICOS A ATACAR, COM PALAVRAS OU AÇOES AGRESSIVAS.
VEJA O CASO DO PASTOR ARIOVALDO RAMOS QUANDO ENTREVISTADO NO FANTASTICO O QUE ELE ACHAVA A RESPEITO DO PAPA QUE ESTAVA MORRENDO, SUA RESPOSTA FOI PERVESSAMENTE MAL INTERPRETADO, CAUSANDO CELEUMA CONTRA UM HOMEM DE DEUS TAO DEDICADO AO MINISTERIO.
MAS CONTINUEM ASSIM, POIS GRANDE SERÁ OS VOSSOS GALARDOES NOS CEUS.

jorge disse...

PASTOR MOISES ALMEIDA, PELA PRIMEIRA VEZ LEIO PALAVRAS TAO VERDADEIRAS E SENSATAS.
O NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, MORREU NA CRUZ POR DIZER A VERDADE,ASSIM SENDO, MEXEU COM OS INTERESSES DOS SACERDOTES JUDEUS GANANCIOSOS QUE VIVIAM AS CUSTAS DO IMPERIO ROMANO NUM VERDADEIRO LUXO.
INCRIVEL JÁ SE PASSARAM QUASE 2.000 ANOS E TUDO CONTINUA IGUAL, AI DOS QUE FALAREM A VERDADE DE CERTAS DENOMINAÇOES EVANGELICAS PODEROSAS, SEUS PASTORES MAFIOSOS QUE NAO SAO DE DEUS, INCITAM OS IRMAOSZINHOS EVANGELICOS A ATACAR, COM PALAVRAS OU AÇOES AGRESSIVAS.
VEJA O CASO DO PASTOR ARIOVALDO RAMOS QUANDO ENTREVISTADO NO FANTASTICO O QUE ELE ACHAVA A RESPEITO DO PAPA QUE ESTAVA MORRENDO, SUA RESPOSTA FOI PERVESSAMENTE MAL INTERPRETADO, CAUSANDO CELEUMA CONTRA UM HOMEM DE DEUS TAO DEDICADO AO MINISTERIO.
MAS CONTINUEM ASSIM, POIS GRANDE SERÁ OS VOSSOS GALARDOES NOS CEUS.

Anônimo disse...

Sábias palavras irmão. Constantemente me vejo diante de pessoas que se utilizam de interpretações simplistas e descontextualizadas da bíblia que visam apenas legitimar o "poder" que alguns grupos da igreja detêm. Apontam os erros alheios e se esquecem de amar ao próximo e que todos nós temos fragilidades que são provenientes da nossa condição humana.

Meu Mundo disse...

Tenho 52 anos de membro de uma igreja Batista e fui batizada por ter certeza, baseada nos ensinos biblico, de ser salva por Jesus, O Cristo. Desde meus 20 anos sirvo a Cristo como missionaria, pregadora e instrututora da Biblia, discipuladora cumprindo o IDE de Jesus. Hoje penso assim também e vejo que não estou só. Tenho visto de perto e sentido o cheiro de pastores: ladrões, amante do sexo imoral, abatendo os colegas por PODER, e usando a musica para ganhar amizade dos jovens. CHEGA!

Anônimo disse...

pastor moiseis gostei muito do seu comentario eu tambem estou nessa mesma situação estudamdo a biblia an casa